12.06.2015

O que levar em uma viagem longa

Quem gosta de pegar estrada em uma motocicleta sabe bem o que levar em seus passeios. Sabe que é sempre bom estar bem vestido: uma boa jaqueta, bota ou coturno, calça jeans e boas luvas que protejam suas mãos de insetos suicidas e demais eventualidades. É importante a roupa adequada para cada ocasião.

Se o caso for uma viagem longa - ou média – e que se precisem levar alguns itens de grande necessidade e importância, como arrumar as malas?

Vamos dar nosso exemplo:
Daqui alguns dias minha noiva e eu vamos pegar 1440 km de motocicleta (uma Suzuki Savage LS650) até o estado do Rio Grande do Sul, partindo do interior de São Paulo. Rodamos muito em passeios médio/curtos sem bagagem, ou com apenas uma mochila levando comida, câmera, celular, documentos, estas coisas básicas. Daí surgiu esta viagem cruzando quatro estados. Quase 1500 quilômetros em uma motocicleta, em duas pessoas e levando bagagem considerável. Mas, e aí, o que levar na bagagem?

Montando a lista de viagem:

Roupas (suficientes para uma semana): OK
Levaremos algumas peças de roupas que durem a semana toda, como camisetas;
Calças, dois pares de sapatos cada um;
Uma toalha de banho (para os dois);
Um travesseiro (aquele de espuma que fica fininho se amassar e por em um saco plástico);




Medicamentos: OK
Levaremos medicamentos de uso cotidiano, como remédios para dor de cabeça, dores musculares, e também curativos. Pequenos cortes são comuns caso seja necessário prestar manutenção na moto, e caso ocorra qualquer outra situação, esteja precavido. Este tipo de coisa, medicamentos e curativos, não ocupam muito espaço. Só lembre-se de levar o necessário e deixar tudo dentro de saco plástico para proteger.

Cordas: OK
Nós temos um sisibar com bagageiro em nossa moto, de cerca de 60 centímetros de altura. Fiz com esta medida, pois levaremos toda a bagagem dentro de 2 bolsas, que serão amarradas ao sisibar. Então, se o seu caso for parecido (amarrar bagagem), compre cordas confiáveis e aprenda fazer alguns nós e amarras básicas.

Ferramentas: OK
Temos alguns quilos de ferramentas, e pretendemos levar todas as que forem necessárias para realizar reparos básicos e também algumas que sirvam para serviços mais “pesados”. Não queremos encher a moto de peso desnecessário. Mas, ferramentas são importantes; ainda mais em viagens longas como a que faremos. Então, verifique quais ferramentas você mais utiliza em sua moto e inclua à bagagem. Leve também um rolo de fita isolante. Nunca se sabe.

Capacete: OK
Lembre-se de que você pegará estradas longas em alta velocidade, tomando chuva, vento e tudo o mais que se pode imaginar quando o assunto é motociclismo. Então, considere comprar um capacete de qualidade que tenha uma viseira de qualidade. É incrivelmente difícil (e perigoso) pegar estrada durante a noite com uma viseira riscada ou cheia de riscos pequeninos, pois, quando pegamos luz de frente, toda a visão fica comprometida, chegando ao ponto de não enchermos nada. Não é necessário gastar R$500,00 em um capacete. Hoje encontramos capacetes muito bons numa faixa de preço dentre R$120,00 e R$200,00 (e lembre-se de que é sua vida que está em jogo).

Dica para a água não fixar na viseira:
Existem várias ideias do que fazer para a chuva ou outros respingos não atrapalharem, deixando a viseira sempre limpinha: algumas passam silicone, lustra móveis, detergente e até pasta de dentes. Já testei vários destes produtos e realmente funciona. Não chega à perfeição, mas, realmente para menos água na viseira (e também no vidro para-brisa do carro). Tente pegar um pano seco (de algodão), passar um pouco de detergente, pasta de dentes ou silicone (líquida) e passar na viseira até que desapareça por completo, sem água. Depois teste em casa. Se funcionar, bom proveito.

Luvas: OK
Normalmente usamos luvas do tipo “sem dedo”. Mas, como a ideia aqui é falar de viagens longas, pense em comprar uma luva de qualidade que cubra a mão inteira e que proteja da chuva E DO FRIO! Não adianta por uma luvinha de avó, aquela de tricô, pois não ajudará em nada.

Faca ou canivete: OK
Quem pega estrada com frequência sabe que um simples canivete pode salva a vida em alguns casos. Este tipo de ferramenta serve para tudo. Então, leve uma faca ou um canivete de qualidade e que seja confiável. Deixe-o em lugar seguro e com a ponta para baixo. Já sabe.

Comida: OK
Como nossa viagem será longa, queremos levar alguns lanchinhos que possamos comer a qualquer momento, fazendo paradas em paisagens bonitas pelo caminho. É claro que pararemos para comer em postos de combustível. Mas, também queremos gastar pouco com a alimentação na estrada.
Opte por alimentos que não ocupem muito espaço e não estraguem fácil com o calor. Evite queijos, laticínios, presunto e coisas assim. Frutas são uma boa pedida: maçãs, peras e outros tipos que forneçam líquido e massa, e não estraguem fácil.
Caso você queira fazer paradas longas, leve algo enlatado: feijão, sopa, etc., (e não se esqueça do abridor, neste caso). E não se esqueça dos fósforos e/ou isqueiro.

Se achar necessário, existem canecas e pratos de alumínio (do tamanho de prato de sobremesa) que podem ajudar muito se sua ideia for preparar sua própria comida sob as árvores ou em uma barraca. Inclusive, caso você queira levar uma barraca, opte por uma do tamanho ideal e que seja fácil de montar e desmontar, ocupando pouco espaço.

Água: OK
Considere levar água potável para beber e cozinhar (se necessário). E também água para lavar a viseira do capacete, farol, lanterna, e outras coisas que sujem e precise limpar com água.
Em nosso caso, queremos levar uma cafeteira Mocca e um pouco de pó de café e chá para nos aquecermos no caminho caso esteja muito frio. Esta cafeteira não é grande e cabe em qualquer lugar. Caso sua ideia seja parar para admirar a paisagem, considere levar algo do tipo: café, chá, sopa instantânea. IMPORTANTE: saiba fazer fogo e esquentar a água em uma fogueira (pequena; você não vai fazer churrasco). E cuidado para não criar um incêndio. Saiba o que está fazendo (No final deste texto darei algumas dicas para acender uma fogueira com facilidade). Não se esqueça de levar fósforos e isqueiro.

Papel higiênico, Sabonete, Pasta e escova de dentes: OK
Parece luxo, mas, não é. Estes itens básicos de higiene são necessários em vagens longas. De repente você vai parar em postos de combustível e num deles pode querer tomar banho. Também acontece de dar aquela vontade de fazer o “número 2” e, cadê o papel? Enfim, pense nisso. Uma dica é amassar o rolo do papel higiênico e pô-lo num saco plástico para não molhar durante a viagem.

Capa de chuva: OK
Tente não levar aquelas capas de chuva mais finas que sacolinha de mercado. Invista em uma capa de chuva legal, que proteja de verdade. Existem vários modelos, e aquele que são suas peças (calça e jaqueta) são bastante funcionais. Nunca se sabe quando virá a chuva, e estar seco mantém o corpo aquecido. Em viagens longas isso é muito importante, ainda mais se estiver muito frio, pois você pode perder muito calor com o vento, e se estiver molhado é pior ainda. Existem muitos casos de desmaios e hipotermia por conta disso.

Lembre-se, inclusive, de manter seu celular ligado e funcionando, para que possa pedir ajuda se necessário. Para viagens longas, também é recomendável avisar pessoas-chave, como amigos e membros da família. É claro que ninguém quer que nada de ruim aconteça. Mas, é sempre bom alguém saber onde estamos.

Certo, muita gente pode dizer que esta lista tem muita coisa desnecessária. Realmente. Se sua ideia for rodar 1500 quilômetros numa tacada só, fazendo poucas paradas, então sua lista será muito pequena. Já na ocasião deste texto, uma viagem longa com várias paradas para aproveitar ao máximo as paisagens e algumas cidades turísticas, queremos levar o suficiente para nos manter seguros e confortáveis o suficiente na estrada, (minha noiva e eu).

Queremos parar em algum lugar à beira de uma estrada e poder fazer uma fogueira, comer alguma coisa e nos esquentar com um bom cafezinho fresco. E como nossa ideia é descer do Estado de São Paulo para o Rio Grande do Sul, queremos aproveitar ao máximo, e também passar alguns dias por lá, inclusive com uma mala de roupas, pois ao que tudo indica, passaremos muito tempo no Rio Grande do Sul.

Enfim, tudo o que está nesta lista pode ser adaptado à sua necessidade. Viagens longas ou curtas, com várias ou poucas paradas, o importante é que se leve o necessário.
Não se esqueça de fazer uma boa revisão em sua moto. Cheque carburador, motor, velas, elétrica, transmissão. Tudo o que precisar para pegar estrada com segurança e certeza de que tudo está em seu devido lugar, e que sua viagem/passeio será a melhor possível.

Esperamos que este pequeno artigo ajude em suas ideias para o que levar em uma viagem ou passeio longo.
Sendo assim, boa sorte a todos. E não se esqueçam de registrar o passeio, tirar algumas fotos. É muito legal rever os ótimos momentos e poder compartilhar nossas experiências com os amigos.

Como de costume, rodem com segurança e voltem vivos para casa.


Dicas úteis:

Como fazer uma fogueira:
Procure por gravetos finos (menos de meio centímetro), folhas e grama seca. Faça coloque as folhas e palha por baixo e faça uma "cabana" com os gravetos por cima. Deixe um espaço para por um fósforo ou isqueiro. Depois que ascender o fogo, aumente o tamanho dos gravetos até fazer a fogueira que se deseja. É importante deixar o solo limpo abaixo e próximo a fogueira, para que não saia do controle. Se possível, contorne a fogueira com pedras.

Mala de roupas:
Ao invés de dobrar e guardar, enrole as camisetas e roupa íntima em pequenos rolos. Assim pode-se acomodar melhor as roupas dentro da bolsa/mochila/mala, cabendo mais coisas e mantendo tudo organizado. Na teoria, isso mantém as roupas menos amassadas. Mas, nunca vi praticidade além da economia do espaço físico mesmo.

Telefones úteis:
Pesquise alguns números de telefones úteis por seu roteiro. Guinchos e números de concepcionárias de estradas sempre ajudam caso aconteçam problemas e se precise de reboque.

Lubrificantes e graxa:
Caso sua moto seja de transmissão a corrente, lembre-se de manter tudo sempre bem lubrificado. Pegamos muita sujeira e água nas estradas, e isso pode prejudicar a transmissão. Se possível, inclua um tubo de graxa ou spray em sua mochila.

Leve também um protetor solar para não acabar com o rosto. Um bom óculos escuro caso seu capacete não tenha a viseira escura, pois o sol pode atrapalhar muito em viagens longas, além de prejudicar a visão. Caso seu escapamento seja do tipo "trator", é interessante o uso de um protetor auricular; depois de alguns quilômetros o barulho começa incomodar.

No mais, é se preparar ao máximo e pegar estrada aproveitando a vida da melhor forma: encima de sua moto.

_____
Adicione a gente no Facebook: Panzer Riders MC (perfil) | Panzer Riders (página)

Conheça também nosso projeto paralelo para incentivar os amantes de motocicletas a pegarem estrada: Projeto Ride 'n' Rock

Grupo aberto no Facebook: Irmandade Motociclista

Veja também: