1.02.2015

Conheça os "Lobos da Noite", moto clube Russo.

Como atual membro honorário e simpatizante do moto clube, ninguém menos que o presidente da Rússia, Vladmir Putin.



Começou como um grupo de caras que gostavam de música e motos – como normalmente acontece. Porém, mesmo sendo entusiastas do estilo livre do motociclismo, os então “membros” não se distinguiam enquanto moto clube. A coisa toda começa mesmo em 1989.
Em 1983, os “membros” realizavam shows clandestinos com bandas no estilo “do it yourself”, eventos então ilegais em Moscou à época (período dentro da então União Soviética, repleto de censura e controle por parte do governo). Em 1989, tornou-se um clube “informal”, intitulando-se “Lobos da Noite”, durante a perestroika.




Você já deve ter ouvido essa palavra em algum momento da vida (principalmente na escola/faculdade). Para quem não está acostumado com o termo “perestroika”, é bem simples: foram reformas no sistema político e financeiro da União Soviética proposta em 1979 por Leonid Brezhnev (1906-1982) e realizadas entre 1985-1991 por Mikhail Gorbachev. Mais ou menos fácil de entender, certo?


Dentro desse período, ainda em 1989, os Lobos da Noite se tornaram o primeiro moto clube oficial da URSS.  Como presidente, Alexander Zaldostanov (também conhecido como The Surgeon), em 1989. Por conta da proximidade e dos laços culturais entre países, o clube se expandiu para Ucrânia, Letónia, Alemanha, Bulgária, Roménia, Sérvia e Macedonia.

Os Lobos da Noite realizam shows e eventos na Rússia, além de serem fundadores da “Convenção anual e internacional de Tatuagem em Moscou”. De 1995 para cá, os Lobos da Noite possuem marcas, lojas, oficinas mecânicas e de customização, e participam também de eventos de motovelocidade.

O clube também se engaja em assuntos políticos e sociais, participando de grupos jovens e questões religiosas, como a Igreja Ortodoxa Russa.
Para se ter uma ideia da influência dos caras, em março de 2014 o jornal  “The Daily Telegraph” informou que o clube havia desenvolvido laços estreitos com o presidente russo Vladimir Putin, por conta do sentimento geral pró-russa por parte dos Lobos da Noite. Em agosto 2014 realizaram um show em Sevastopol apoiando a anexação da Criméia pela Rússia e descrevendo a Ucrânia como um país controlado por fascistas. Tiveram a participação um número estimado de 100.000 pessoas, e o evento foi transmitido pela televisão estatal russa.

Curiosidade, verdade ou não, em dezembro de 2014, foi anunciado que os Lobos da noite seriam alvo de sanções dos EUA por seu envolvimento em uma ação militar na Criméia.


Hoje os Lobos da Noite contam com mais de 5 mil membros entre Rússia e países da velha URSS.




Faça parte da nova Comunidade Irmandade Motociclista, ma comunidade no Google+ especializada em moto entretenimento.



Veja também: