1.12.2015

Espírito vs. Cilindrada

Você faz de si mesmo um verdadeiro motociclista, não a potência de sua moto.


Sinceramente, não sei o que é pior: quando o cara ao seu lado diz que você não é um motociclista de verdade por que sua moto não tem mais que 250 cilindradas ou quando esse mesmo cara só tira a moto de dentro da garagem nos fins de semana, por que o mecânico disse que não é bom deixar a moto muito tempo parada, pois, descarrega a bateria.

Verdade: tem muita gente por aí que (ainda) acredita que a cilindrada da moto é que faz de você um motociclista. Nada disso! Você é que faz de você um motociclista de verdade. Não é a moto, não são os encontros e eventos de motos. Você é quem faz de você mesmo um verdadeiro motoqueiro (motociclista). É você que sabe quanto tempo precisa rodar; é você quem conhece sua moto, se ela aguenta “chegar lá” ou não; é você quem sabe apertar os parafusos, sujar as mãos de graxa e fazer qualquer tipo de reparo provisório para não ficar na mão se (quando) sua moto der problema na estrada.

Cilindrada baixa, média ou alta, se o destino for o mesmo, tenho certeza de que todos chegarão até lá. Claro que as motos menores chegarão um pouco depois, parando mais para descanso do motor e do piloto. Mas, todas chegarão ao seu destino. Podem ter certeza disso.




Ter R$15,000, R$20,000 ou R$80,000 para comprar uma moto “grande”, cheia de alta tecnologia não te faz mais (ou menos) motociclista. Só prova que você tem grana para comprar a moto que quiser. Se você é daqueles que só dá uma voltinha rápida no quarteirão e volta antes de escurecer, aí sim é outra história. Se você tem uma moto “pequena”, roda com ela sempre que pode, passeia, viaja, se dedica a ela... Por que, então, não se considerar um verdadeiro motociclista? Não é o valor, não é a cilindrada: é você.

Assim como você constrói sua imagem, seu moral, sua ética como ser humano, você também se constrói como um verdadeiro apaixonado por motos, principalmente pela sua moto.

Acredito que discutir cilindrada de moto é praticamente o mesmo que discutir termos (motociclista ou motoqueiro): não leva ninguém muito longe no assunto, e acaba apenas gerando brigas desnecessárias, quando, na contramão de toda essa discussão, o que vale é a noção de irmandade que você e seus amigos possuem um pelos outros (e por suas motos).

Como já disse antes, tomando como exemplo nosso moto clube, o Panzer Riders mc, temos vários estilos de cilindradas de motos. Nenhuma destas diferenças faz de cada um de nós menos motociclistas que o outro. É totalmente o contrário. Olhar para o lado na estrada e ver seu irmão rodando em uma 400cc ou 600cc enquanto você roda em uma 125cc ou 250cc torna a coisa toda ainda mais especial, e deixa a todos ainda mais próximos.

Seu caráter faz de você um motociclista, não a cilindrada ou modelo de sua moto. O importante é que todos partilhem da mesma alegria que é pegar estrada, sozinhos ou com seus clubes.

Então, posso resumir assim: não se prendam a terminologias ou diferenças de cilindrada. Sinta-se à vontade para rodar com sua moto seja ela do tamanho que for. Seu espírito, seu respeito e sua vontade de pegar estrada é que fazem de você um verdadeiro motociclista.

No mais, rodem com segurança e voltem vivos para casa.
Let’s ride, let’s Rock!

_______________________


Faça parte da nova Comunidade Irmandade Motociclistauma comunidade no Google+ especializada em moto entretenimento.


Veja também: